S. Miguel do Rio Torto: Actualidade e História

Site de História e Actualidade de S. Miguel do Rio Torto. Toda a informação retirada do blog para quaisquer trabalhos/publicações, o blog deverá ser citado. Por outro lado, comentários anónimos,com nomes fictícios, frases que visem atingir outrem ou palavras menos correctas serão apagados assim que me aperceber da presença no blog.

A minha foto
Nome:
Localização: Coimbra, Coimbra, Portugal

Natural de S. Miguel do Rio Torto (Abrantes). Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Estágio Profissional no Arquivo Histórico do Concelho de Abrantes. Pós-graduado em Ciências Documentais (Arquivo). Organizou e Inventariou o Arquivo da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Mestre em História - Museologia pela Universidade de Coimbra. Interesses de Investigação: História da vida estudantil, História da Universidade, Patrimónios material e imaterial da vida estudantil. Museu Académico de Coimbra. Autor de vários livros como as biografias de Lucas Junot, Dr. Joaquim Isabelinha e de instituições como o Museu Académico de Coimbra. Trabalho na Galeria Académica do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.

domingo, dezembro 10, 2006

Ruas de S. Miguel do Rio Torto: Largo do Arneiro


O Largo do Arneiro é um entroncamento entre as Ruas General Avelar Machado, Rua das Palmeiras, Rua João Augusto da Silva Martins e Rua da Fonte.
Caracteriza-se por ser o largo onde se encontra o edifício sede da Casa do Povo de S. Miguel do Rio Torto (inaugurado a 15 de Julho de 1956).
Era também neste largo que se encontrava um grande poço (mais ou menos a meio) para abastecimento de água da população e onde estava a "roda" que retirava a àgua desse poço que posteriormente terá sido destruida.
Este Largo teria uma certa importância na aldeia, pois além de ser onde estava o poço para abastecimento de água vivia naquele Largo uma das famílias mais importantes de S. Miguel do Rio Torto: os Damas (família do Dr. João José Luís Damas já biografado neste site e que no seu registo de baptismo em 1871 está registado como tendo nascido no local do Arneiro).
Este Local já surge referido nos Róis de Confessados e Comungados desde 1859 e seria um dos locais mais habitados da aldeia, mas que certamente abrangeria outras Ruas hoje existentes que não vinham designadas naquela Fonte Histórica.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial