S. Miguel do Rio Torto: Actualidade e História

Site de História e Actualidade de S. Miguel do Rio Torto. Toda a informação retirada do blog para quaisquer trabalhos/publicações, o blog deverá ser citado. Por outro lado, comentários anónimos,com nomes fictícios, frases que visem atingir outrem ou palavras menos correctas serão apagados assim que me aperceber da presença no blog.

A minha foto
Nome:
Localização: Coimbra, Coimbra, Portugal

Natural de S. Miguel do Rio Torto (Abrantes). Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Estágio Profissional no Arquivo Histórico do Concelho de Abrantes. Pós-graduado em Ciências Documentais (Arquivo). Organizou e Inventariou o Arquivo da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra. Mestre em História - Museologia pela Universidade de Coimbra. Interesses de Investigação: História da vida estudantil, História da Universidade, Patrimónios material e imaterial da vida estudantil. Museu Académico de Coimbra. Autor de vários livros como as biografias de Lucas Junot, Dr. Joaquim Isabelinha e de instituições como o Museu Académico de Coimbra. Trabalho na Galeria Académica do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.

segunda-feira, setembro 08, 2008

Serenata de Coimbra em S. Miguel do Rio Torto: 27 de Setembro


No próximo dia 27 de Setembro, à noite, em S. Miguel do Rio Torto (Abrantes), realiza-se uma Serenata de Coimbra com o Grupo de Canto e Guitarra de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém, no âmbito das festas da Freguesia organizadas pela Junta de Freguesia de S. Miguel do Rio Torto.Se é antigo/a ou actual Estudante de Coimbra, não falte, compareça e dê conhimento da Serenata a outros Antigos Estudantes de Coimbra. Será o reviver dos velhos tempos, será traçar de novo a velha capa ao ouvir no luar uma Serenata que nos embala nas doces águas do Mondego. Aquelas Serenatas Monumentais na Sé Velha, onde sons de guitarras entoam ,vozes ecoam e povoam as nossas memórias de um tempo talvez distante, o relembrar o nosso tempo de estudante, o bater da velha Cabra, aquele último éférreá... Compareça na Serenata de Coimbra que se realizará em S. Miguel do Rio Torto!
É tempo de um "regresso" de quem partiu, tão versejado por Manuel Alegre:
De Coimbra, fica um rio e uma saudade
Cavaleiros andantes, Dulcineias
De Coimbra, fica a breve eternidade
Do Mondego, a correr em nossas veias
De Coimbra, fica o sonho, fica a graça
Antero de revolta, capa à solta
De Coimbra, fica um tempo que não passa
Neste passar de um tempo que não volta

Os cantores e Guitarristas, esses, são recordados nos versos de José Régio:
ARTUR PAREDES
Ai choro com que o Paredes
Vibrando os dedos em garra
Despedaçava a guitarra
Punha os bordões a estalar

EDMUNDO BETTENCOURT
Gritos de cristal e de oiro
Que o Bettencourt alto erguia
Que é da roda que algum dia
Vos sabia acompanhar

Imagem: GRUPO DE CANTO E GUITARRA DE COIMBRA DO CENTRO CULTURAL REGIONAL DE SANTARÉM

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial